Educação não é produto

A educação é um processo social, é desenvolvimento. Não é a preparação para a vida, é a própria vida.”
John Dewey (1859 – 1952) foi um filósofo e pedagogo norte-americano.

No momento em que o Brasil está trocando suas lideranças, me deparo com a notícia de que 200 mil crianças até os cinco anos de idade não têm acesso à educação ou aos cuidados básicos. E mais: Serão necessários mais 1.7 milhões de professores para atingir as metas de Educação para Todos até 2015.‏ São dados mundiais graves e alarmantes (confira aqui). A minha pergunta é: será que todos sabem disso? Será que nosso líderes sabem disso?

Já estamos acostumados a ouvir sobre um novo “pacote de Educação” a cada dois ou cinco anos. É como se a educação fosse algo que pudesse ser fabricado, colocado em caixinhas e mandado para ser consumida em qualquer parte do mundo. Bom, meus 38 anos como pedagoga me ensinaram o contrário. Educação não é um produto pronto para ser consumido como salsicha. É este tipo raso de interpretação que realmente dificulta as coisas e me tira do sério.

“Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção.” – Paulo Freire

A verdadeira educação é orgânica, inclusiva, participativa e compartilhada. Ela não é quadrada como uma caixa de sabão em pó ou nossa atual formação de sala de aula. Ela é redonda, circular, viva e cheia de cores. Se você que me lê, já conhece o site da Casa do Zezinho, sabe que dividimos as fases de aprendizado pelas cores do Arco-Íris. Cada cor possui a sua própria gama de possibilidades e significados. É a criança quem desenvolve e dá valor e uso a esse universo por meio dos Espaços de Aprendizagem. Oferecemos a base, o terreno lúdico para que cada criança e adolescente possa plantar o seu sonho e realizá-lo. Fornecer o ambiente mais estimulante e criativo possível é pelo que trabalhamos.  Concretizar estes sonhos na realidade é a meta. Não é fácil. Mas conseguimos provar, nestes 16 anos de existência da Casa do Zezinho, que é possível.

“Educação é aquilo que fica depois que você esquece o que a escola ensinou.”Albert Einstein

 Quero deixar você com a lembrança dos números que citei: 200 milhões de crianças e 1.7 milhões de professores. Gente para ser educada, gente para educar. Pense nisso, compartilhe este artigo com seus amigos, os professores na escola e faculdade, nas Redes Sociais. Precisamos de educadores para agora e para o futuro. Educação não é um produto, é resultado. Te encontro por aqui.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s