A Tecnologia do Olhar Pequeno

dagblogmateria_olharpequeno

A Casa do Zezinho está quase completando 20 anos e muita coisa mudou. Agora temos a internet com suas redes sociais e celulares que nos conectam ao mundo com apenas um dedo. Temos tablets cheios de botões coloridos com milhares de caminhos para se divertir e se comunicar e muito mais informações do que precisamos para entender o que se passa no planeta e com as pessoas. E, mesmo assim, todos os dias, durante todo ano, a maior parte do meu “trabalho” é convencer as pessoas de que o mais importante é a educação, a criança e o adolescente.

Pra ser bem sincera, eu não gosto muito da internet. É claro que eu entendo seu valor e temos aqui na CZ, várias oficinas que preparam nossos jovens para o futuro que já chegou. Acontece que a minha tecnologia é outra. Sabia que essa palavra vem do grego e quer dizer arte, técnica ou ofício? Pois é. Gostei tanto de saber disso que resolvi criar uma só para Casa do Zezinho. Eu chamo de “A Tecnologia do Olhar Pequeno”. E ela é muito fácil de aprender para quem realmente se interessa pelos problemas sociais.

O “olhar pequeno” é aquela atenção especial que cada educador aqui oferece para o universo da criança. Em primeiro lugar, ninguém fala com criança sem antes ficar na altura dela. Olhos nos olhos. Sorriso com sorriso. Tudo no mesmo nível. Outra coisa é não colocar tudo no mesmo “balaio” e dizer que o problema de um adolescente é igual ao de todo mundo. Isso é achatamento do indivíduo, uma exclusão da personalidade. Cada caso é um caso e deve ser entendido no contexto e na vivência daquela pessoa. E tem mais: não é possível descobrir e desenvolver talentos se todo mundo for tratado como uma penca de bananas. E olha que até as bananas possuem suas diferenças…

Bom, essa é a minha “tecnologia”, a minha arte e o meu ofício que adoro. Parece que agora virou moda olhar mais para o ser humano entre as empresas, as escolas e outros lugares. Mas esse interesse parece que tem mais a ver com lucro do que com educação e muita gente vai tropeçar na floresta antes de enxergar a árvore. Ninguém vai aprender muita coisa assim. Quer “curtir” de verdade o amor pelo desenvolvimento da educação e da aprendizagem? Dá um tempinho na internet e passa aqui na Casa do Zezinho que a gente ensina. Até a próxima.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s