Estudando Drummond

O texto a seguir foi escrito pela Núbia, Zezinha que estuda no cursinho do Projeto VagaLume da Casa do Zezinho.

blog_drummond

Existe um trecho de uma música popular que diz “Sonhar, mas um sonho impossível” que inspira reflexão e análise dos dias atuais.

O país passa por um período onde a população está aos poucos acordando de uma realidade assustadora.  As recentes manifestações e paralisações, tendo na maioria estudantes jovens do país, têm sido uma grande prova do despertar do povo.

O poder da voz do povo, o dizer não, tem influenciado a política e pressionado o governo atual, provando assim, que a união do povo pode sim, mudar as decisões a serem tomadas no nosso país.

Mas nem sempre foi assim. Um exemplo claro disso foi a época em que Carlos Drummond de Andrade relata em seu livro Sentimentos do Mundo, o pressentimento que ali, naquele momento, estava só, que apenas com suas mãos e seu sentimento de justiça não poderia fazer muita coisa além de escrever. Porém, Carlos Drummond de Andrade acreditava em um futuro onde esse país lutaria de mão dadas por uma causa justa.

Para finalizar, uma pergunta objetiva:

– O posicionamento de Carlos Drummond de Andrade era individualista e o afastava do problemático homem comum do dia a dia?

A resposta é clara. Por não ser individualista Drummond apresentava e acreditava em um futuro de esperança e união e, esse futuro, de “Mãos Dadas” pode ser efeito a partir da união do ser humano, da nossa união. Isso porque nós podemos fazer a diferença.

Não quero prolongar muito esse discurso, até porque gastaria muito tempo para expressar pelo menos a metade do que viveu o homenageado Carlos Drummond de Andrade.

Nascido em Itabira, Minas Gerais, em uma família de fazendeiros, estudou em um colégio em Belo Horizonte onde foi expulso por insubordinação mental. Em Belo Horizonte começou sua carreira de escritor.

Carlos escrevia o que sentia e o que muitos queriam falar. Poucos tinham coragem e muitos não entendiam, mas isso nunca foi obstáculo para quem nunca deixou de sonhar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s