Amor entre irmãos

No dia 27 de Setembro o mundo cristão celebra os irmãos gêmeos Cosme e Damião, os santos que curavam pessoas em nome de Cristo.

Mas qual é a verdadeira essência da história deles? Segundo o que ficou escrito, eles eram de família nobre, médicos e curavam e cuidavam das pessoas sem cobrar nada em troca. O que ficou de tudo isso foi a devoção dos dois irmãos e a fé que eles tinham. A fé em Deus. Quando um novo imperador assumiu o poder em Roma, mandou matar àqueles que cultuavam Jesus Cristo e não mais as imagens pagãs. São Cosme e São Damião morreram em nome daquilo que acreditavam.

Que valores eram esses, que pessoas morriam por eles?

Hoje é o Dia Mundial do Idoso e pensei que pudéssemos fazer uma reflexão juntos. Segundo dados do SUS – Sistema Único de Saúde, um em cada nove cidadãos é idoso, e a perspectiva é que esse numero chegue a 5 em cada 9, ou seja, em 2050 teremos uma população idosa maior que a de crianças. Como nós cuidamos dos nossos idosos?

É preciso ter e resgatar o mesmo olhar de compaixão com o que os dois irmão tinham quando cuidavam das pessoas. O que você tem feito?

Aqui na Casa do Zezinho criamos dois projetos: o Maria Zezinho onde conseguimos integrar jovens e idosos em uma troca mutua de conhecimento: o jovem ensina e o idoso também. E o Se Cuida Zezinho que atende a comunidade com terapias ocupacionais e preventivas.

mariaZezinhoCicle

Voltando a Cosme e Damião, cem anos depois da execução deles, sua história havia se tornado um mártir e as pessoas começaram então a idolatrar seus restos mortais. Imagens foram esculpidas em sua homenagem e dois séculos após sua morte, por volta do ano 530, o Imperador Justiniano ficou gravemente doente e deu ordens para que se construísse, em Constantinopla, uma grandiosa igreja em honra de Cosme e Damião.

O reconhecimento dos irmão se espalhou pelo mundo e entre 526 e 530 o Papa Félix IV dedicou a construção de uma basílica para eles! E a consagração se deu no dia 27 de Setembro.

Assim como os dois irmãos que enfrentaram a fúria de um imperador e lutaram até o fim por aquilo que acreditavam, deveríamos refletir e pensar o quanto disso podemos trazer para o nosso modo de viver a vida.

Pensando mais especificamente nos idosos, muitos são os estereótipos que rodeiam a idade idosa. Ainda não aprendemos a cuidar deles. No oriente os idosos representam sabedoria e são respeitados e ouvidos por todos. Se eu pudesse deixar algo escrito sobre isso – compartilhando o que eu já vivi – seria para que cuidassem, dessem atenção e dessem carinho. Aprender a dedicar-se aos outros com tanto amor como a dupla de irmãos. Tenham fé! Não precisa ser em Deus, o importante é acreditar, em você, no outro e em um mundo melhor.

Axé

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s